Tags

, ,

“A perfeição de uma pessoa não depende da sua imagem, mas sim das suas atitudes”. (Jeferson Luan)

A perfeição determina um ser ideal que reúne todas as qualidades e não tem nenhum defeito, é também uma circunstância que não pode ser melhorada ainda mais e mais.

O moderno conceito de perfeição se originou do movimento idealista do século XVIII, e está estreitamente ligado à noção de progresso. Embora ninguém seja perfeito, o ser humano sempre tem que ter a vontade de buscar a perfeição, pois é ela que faz com que você melhore o seu jeito de ser, o seu comportamento e suas atitudes.

Para Kant e seus antecessores, Christian Wolff e Alexander Gottlieb Baumgarten a perfeição é uma noção de ontologia: uma completude sendo uma reunião de todas as disposições sujeitas a uma unidade harmoniosa, ou ordem.

O perfeito é um ‘completo’, um manancial de ações potenciais. Por outro lado, a perfeição é uma ideia, uma condição que não é alcançada, mas deve necessariamente ser almejada, sendo um ideal do homem.

Na linguagem profissional, a perfeição não pode ser definida como não ter defeitos, mas sim como algo ou alguém que apresenta defeitos, mas que esses seus defeitos possam ser ofuscados pelas suas qualidades, fazendo com que eles se tornem invisíveis aos olhos das outras pessoas.

Todos nós, seres humanos estamos longe da perfeição, pois somos imperfeitos, mas não é porque não podemos ser perfeitos, que você vai parar de buscar melhorar, muito pelo contrário, aí é que você tem que achar e aflorar as suas qualidades, aperfeiçoá-las e enaltecê-las de modo que elas chamem mais atenção do que o que você considera como um defeito.

Você sempre deve buscar a melhora, tanto pessoal quanto profissional, e deixar brilhar as suas qualidades, exaltar o que você faz bem e aos poucos chegar à medida correta em que você se sentirá bem com você e com o seu trabalho.

A partir daí, quando você achar que deve se aperfeiçoar mais, aos poucos irá se moldando para ficar melhor sempre, ou seja, não existe a medida da perfeição, você sempre terá que estar ajustando alguns detalhes, pois à medida que o tempo passa, ele nos exige sempre mais.

Contudo, seja qual for o grau a que chegamos o que importa é prosseguir decididamente, em busca do seu ideal, de sua medida mais próxima de sua perfeição em tudo na vida.