Tags

, , , , , , , ,

“Deixemos que nossos melhores sentimentos possam emergir e que nossa luz possa brilhar. Brilhe a vossa luz diante das pessoas.” Mateus 5, 13-16

Acender a luz do próximo não apaga a sua

Todos nós temos uma luz em nós, que nos acompanha e nos guia. Precisamos saber acessar essa luz, utilizá-la a nosso favor e a favor dos nossos.

A luz tem muitos nomes, cada um chama de uma coisa, uma delas é o conhecimento. O conhecimento traz iluminação, joga luz sobre o desconhecido, traz à tona novos horizontes e novos caminhos, proporcionando mais qualidade em todos os aspectos da vida e além disso, nos dá sabedoria para lidar com a nossa luz, sem apagar a do próximo.

Compartilhar não diminui a luz nem afeta a sua chama. Mas mesmo assim, muitos temem em dividir a luz interior, e o medo maior ainda, é de que a luz dos outros seja mais intensa que a própria.

Reconhecer o que o outro tem ou fez de bom, de positivo, não vai te “diminuir”, muito pelo contrário: vai demonstrar que você é realmente “grande”, uma pessoa que possui grandeza de alma, de espírito.

Descer um degrau do pedestal da arrogância e da prepotência vai te fazer subir mil degraus na sua evolução como ser humano, como pessoa. Enfim, você não precisa apagar a luz de outra pessoa para que a sua brilhe.

Também não precisa temer a luminosidade alheia. Você pode usá-la para iluminar sua caminhada rumo à sabedoria.

Há também pessoas que tem medo de manifestar o que tem de melhor e gente mais receosa ainda de reconhecer o que os outros tem de melhor.

Valorizar o que temos de bom dentro de nós e o que há de bom dentro das outras pessoas é um comportamento nobre e agradabilíssimo e só faz clarear a alma de quem se permite.

Seja luz todos os dias para aproveitar o máximo possível que você puder. Cada dia é mais um dia para experimentar novas oportunidades, viver de outras maneiras e se descobrir.

Veja suas qualidades e seus defeitos, não há nada de errado em cuidar um pouco mais de si e da sua luz. Recomece a cada amanhecer e lembre-se: todo dia pode ser seu dia para mais uma aventura em sua autodescoberta.

Para ser luz, não é preciso apagar a luz do próximo, mas sim vibrar boas energias para o Universo, escolher ver o lado bom da vida e não perder a fé, independentemente do que aconteça, se emitir atos bons para o Universo uma nova luz retorna e reflete em você.

Ser luz é emanar coisas boas, é escolher ver o lado bom das coisas, mesmo em momentos de dificuldade. É propor soluções, em vez de reclamar. É focar as coisas que deram certo e deixar para trás aquilo que deu errado.

Ser luz é ser alguém agradável, que as pessoas querem e gostam de estar perto. Escolha ser luz e transforme a sua vida e a das pessoas que estão ao seu redor.