Tags

, , , ,

“A paz do coração é o paraíso dos homens”
(Platão)

Encontrar a paz interior não é uma questão de alcançar e manter um estado de apatia ou indiferença, mas sim, de acessar aquela paz interior que todos desejamos, de maneira correta e concreta, enquanto permanecemos comprometidos com a vida.

A paz é o sentimento de conforto que não acontece mediante as circunstâncias, mas, mediante o seu estado de espírito. É claro que algumas interferências externas acabam por roubar a nossa paz que paira sobre o nosso estado de espírito, porém, pequenas atitudes podem nos ajudar a chegar ao encontro da paz.

Paz, tranquilidade, equilíbrio e mente calma, estamos sempre em busca desse estado de harmonia. Saiba que ele está ao nosso alcance, mais do que imaginamos e que a serenidade pode e deve prevalecer.

Paz não é sinônimo de euforia, mas sim de felicidade
É possível não estar feliz com determinada situação, porém sentir-se em paz em relação a ela. Entenda que a decepção nada mais é do que uma forma de Deus dizer: “Estou tirando da sua vida aquilo que não lhe acrescenta coisas boas.”

A nossa pequenez não nos permite enxergar isso com clareza, pois ainda estamos envoltos por sentimentos, vontades e egos, ou até pela baixa autoestima, falta de amor-próprio e desespero. Mas Deus, nos presenteia com o Seu cuidado, colocando e tirando de nossas vidas aquilo que Lhe convém.

Controle seus próprios desejos, imponha limites e mantenha a consciência limpa
A nossa consciência foi designada com o importante papel de nos alertar quando nossas atitudes estão fugindo dos nossos valores. A sua função não é apenas a de alertar quando estamos fazendo o mal, mas também quando não estamos dando o nosso melhor em determinada situação. As nossas atitudes, o quanto nos entregamos, também são responsáveis pela sensação de paz.

O amor que dedicamos às pessoas e às causas resultam nos nossos sentimentos, quando os ciclos de aprendizagem se fecham. Nossos desejos, às vezes, nos guiam para decisões que roubam a nossa paz, mas causam felicidade ou prazer momentâneos. Porém, quando o ciclo se encerra, sentimos um enorme vazio e uma sensação de perda, que rouba nossa paz, portanto evite prosseguir em relações ou atitudes que no fundo sua consciência não aprova.

Entenda o que as situações sobre as quais não temos controle nos ensina
Aprendi que não somos responsáveis por situações sujeitas a roubarem a nossa paz, afinal não temos controle sobre pessoas, atitudes ou fenômenos que nos levam ao sentimento de tristeza. Nesse caso, você é que deve escolher se deixa essas situações roubarem, ou não, a sua paz. Seja forte a ponto de não permitir que as fatalidades, ou até as maldades, interfiram no seu emocional. Entender que tudo acontece para um propósito é uma boa forma de se livrar dos questionamentos ao destino.

Escolha com cuidado com quem você compartilha sua vida
Em nosso caminho, às vezes, podemos encontrar pessoas maldosas, invejosas, mentirosas, arrogantes, entre outras características opressoras. Nesse momento você tem que fazer a escolha, você junta-se  a elas e perde sua luz ou é luz em meio às trevas.

Procure sempre estar com pessoas empáticas, alegres, honestas, que gostam de ver os outros bem, pessoas humildes e pacíficas para dividir com você sua caminhada e compartilhar bons sentimentos.

Evite viver no passado
A preocupação não saudável com erros e falhas do passado pode levar à depressão. Siga em frente, deixando o passado, para que possa realmente experimentar o presente de forma mais completa, no caminho para um futuro promissor.

Viva o presente e avance para o futuro
Envolva-se no mundo em que você vive hoje e não fuja disso. Não se afaste do mundo nem se torne solitário, mesmo quando você passar por momentos emocionalmente difíceis. O mundo precisa de você! Perceba que não seria o mesmo sem você!

Amor, humor, compaixão e lealdade, cultive essas virtudes
Verdadeiras virtudes e valores não estão nas coisas que vêm e vão, elas permanecem estáveis. Elas refletem nossa dignidade como pessoas e o verdadeiro valor intrínseco dentro de cada um de nós.

Tenha a fé e a certeza de que Deus nos cuida
É preciso entender que existe um Deus que enxerga além das nossas vontades e expectativas humanas, e direciona o nosso destino e nossa vida para todas as situações em que temos algo a aprender, a dor torna-se lição, e o sofrimento, gratidão.

Se a mesma situação dolorosa se repete por diversas vezes em sua vida, é sinal de que Deus não desistiu de você, ele só deixa de nos ensinar quando realmente aprendemos.

E com o respeito ao luto, uma consciência limpa, o desapego ao controle e a certeza de que Deus cuida de nós, a tristeza dura uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer. E a paz, essa fica permanentemente em nossos corações.

Anúncios