Tags

, , , , , , ,

“Se forem apenas um pouco mais gentis que o necessário, alguém, em algum lugar, algum dia, poderá reconhecer em vocês, em cada um de vocês, a face de Deus.” (R. J. Palacio)

Gentileza: ação nobre e distinta, é graça, elegância, educação e valor

Ser gentil é muito mais do que ser uma pessoa bem-educada ou cortês. Gentileza nos remete a ser diferente e buscar constantemente maneiras de ajudar alguém, é amar todas as pessoas como a si mesmo, é não se magoar facilmente, buscar pacificar e fazer o bem.

Todos gostam de ser bem tratado, receber um aperto de mão e se sentir bem diante de um sorriso verdadeiro, ouvir seu nome pronunciado por alguém. Atitudes de carinho, respeito e atenção fazem toda a diferença e as pessoas que agem com gentileza, com respeito e consideração são sempre muito admiradas por quem recebe um comportamento tão agradável, essência de uma pessoa gentil.

Além de fazer pelos outros à sua volta, ser gentil faz muito bem a você. Fazer o bem traz satisfação para quem o pratica, traz paz ao coração e alívio à alma. É uma ação contagiosa, pois quem recebe uma ação gentil, sente-se motivado a devolver isso. Imagine se todo o mundo agir gentilmente? Viveríamos em um mundo muito melhor. Infelizmente, não podemos mudar o mundo, mas podemos mudar nosso lar, o local de trabalho, o grupo de estudos, a comunidade e todos os lugares em que nos encontrarmos apenas com pequenas ações gentis.

A gentileza também influência instantaneamente de forma positiva o humor. Ninguém fica triste após abraçar alguém. Nos sentimos felizes quando temos a oportunidade de melhorar a vida de alguém. A felicidade tem muito a ver com a gentileza. Profissionalmente as coisas também são melhores para quem é gentil, pois, as pessoas com quem você trabalha se sentem confortáveis em ter uma conversa e dividir experiências e conhecimento com você.

Ser gentil nada tem a ver com ser bobo e fazer o que todos querem que a gente faça. Muito pelo contrário: quanto mais gentil somos com as pessoas, mais gentil somos também com nossa verdade, com nossos valores.

O livro “O poder da gentileza” da escritora Rosana Braga, aponta 10 dicas para facilitar a prática da gentileza. Segundo ela,  se conseguirmos incorporar pelo menos algumas dessas ações, nossa vida já se tornará bem mais leve e gostosa.

  1. Tente se colocar no lugar do outro. Isso o ajuda a entender melhor as pessoas, seu modo de pensar e agir;
  2. Aprenda a escutar. Ouvir é muito importante para solucionar qualquer desavença ou problema;
  3. Pratique a arte da paciência. Evite julgamentos e ações precipitadas;
  4. Peça desculpas. Isso pode prevenir a violência e salvar relacionamentos;
  5. Pense positivo. Procure valorizar o que a situação e o outro têm de bom e perceba que este hábito pode promover verdadeiros milagres;
  6. Respeite as pessoas quando elas pensarem e agirem de modo diferente de você. As diferenças são uma verdadeira riqueza para todos;
  7. Seja solidário e companheiro. Demonstre interesse pelo outro, por seus sentimentos e por sua realidade de vida;
  8.  Analise a situação. Alcançar soluções pacíficas depende de se descobrir a raiz do problema;
  9. Faça justiça. Esforce-se para compreender as diferenças e não para ganhar, como se as eventuais desavenças fossem jogos ou guerras;
  10. Mude a sua maneira de ver os conflitos. A gentileza nos mostra que o conflito pode ter resultados positivos e ainda tornar a convivência mais íntima e confiável.

Enfim, ser gentil é saber doar tempo, habilidade, carinho, atenção e ajuda. Quando causamos felicidade em alguém, nosso cérebro libera endorfina e temos a sensação de bem-estar, e as chances de ficar doente também diminuem. Que tal hoje mesmo fazer o bem para alguém e consequentemente fazer o bem para si mesmo?

Gentileza é um ato de amor. Agradeça, elogie, sorria, respeite, cumprimente, pratique, ensine, retribua e promova!

Anúncios