Tags

, , , , ,

“Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres são tão contraditórios que é impossivel atender às suas demandas, satisfazê-los. Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro.” (Dalai Lama)

Você já parou para pensar se vive mais na realidade, no mundo da fantasia, sonhos ou em suas criações mentais? A pergunta é difícil de responder, mas por incrível que pareça ela é uma realidade (rss...), que muitas pessoas vivem hoje.

Nada contra, cada um vive a sua vida da maneira que quiser! Porém, na tentativa do indivíduo se refugiar em um mundo criado por ele, acaba se prejudicando, pois procurando uma forma de ficar mais sociável, se torna mais isolado, pois não mantém um contato verdadeiro e físico com as pessoas, e em seu íntimo não sabe qual é a sua identidade.

Quando uma pessoa inventa um personagem para ela, perde a paz de espírito, o equilíbrio com os humanos e a natureza, e, além disso, com muitos artifícios, acaba perdendo a sua qualidade de vida.

O bom mesmo é ser autêntico, verdadeiro, ser tudo o que existe em seu ser, viver de acordo com as suas convicções, e não temer mostrar as suas vulnerabilidades, afinal ninguém é perfeito e se completa na afinidade e habilidades que os outros possuem.

Para ser autêntico, realmente não é fácil, é preciso tentar praticar, porém, é necessário tentar ao máximo entrar em sintonia com o seu eu “exterior”, pois à medida que você vai colocando em prática a sua autenticidade, você confia mais em si mesmo, gosta mais de você, se aceita e também transmite mais confiança aos outros.

A partir do momento que você passa a ser mais autêntico, você se valoriza mais, consegue expressar os seus sentimentos com mais sinceridade e sutileza e ao mesmo tempo não fere os sentimentos alheios, visto que, eles não irão criar expectativas que não pertencem a você.

O desejo de adquirir a autenticidade nada mais é que o desejo de compreender a si mesmo melhor. Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro!

Reflita e Seja Feliz!

Anúncios