Tags

, , , , ,

“Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos, não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos.” (Miguel Unamuno)

Pensando bem, após pesquisas e leitura de alguns poemas, concordo com a comparação da vida com o trem, em que cada fase que passamos pode ser uma estação, onde são feitos embarques e desembarques.

É! A vida é um ciclo! Em um momento estamos acompanhados, em outro, já não estamos mais, e nunca poderemos adivinhar quem irá nos acompanhar nesta viagem que é a vida, visto que, ela é feita de passagens boas e ruins, porém, eu particularmente, prefiro fazer parte das boas viagens, aquelas que nos deixam ótimas lembranças.

Nesta vida você, faz embarques, desembarques, sofre alguns acidentes, tem surpresas agradáveis, passa por tristezas, conhece pessoas novas dentre outras situações. Ás vezes você pensa que algumas pessoas ficarão para sempre com você, mas não é verdade.  Essas pessoas descerão em uma estação, antes que você, e você ficará sem a companhia insubstituível que tinha.

Mas isso não impede que você, durante sua viagem, encontre outras pessoas especiais e interessantes que também alegrarão o seu caminho. Durante o trajeto você poderá ajudar esta pessoa e vice-versa, mas jamais continuaremos a viajar ao lado da mesma pessoa para sempre.

Esta viagem de trem é como a vida, cheia de atropelos, sonhos, fantasias, esperanças, despedidas e muito dificilmente retornos, ou em alguns casos, realmente não há retorno. Por isso, você deve fazer esta viagem da melhor maneira possível, buscando se relacionar bem com todos os passageiros, buscando em cada um deles o que tem de melhor, haverá contratempos, mas sempre haverá alguém que te entenderá.

Quando você descer desse trem, você também poderá sentir saudades, achar ruim de separar de suas amizades, e isso, no mínimo, será muito dolorido. Então faça a sua viagem e curta ela da melhor maneira possível, pois pode haver a grande chance de você reencontrar estes passageiros com outras bagagens que não tinham, quando viajaram e talvez até reconhecer e se sentir feliz por ter colaborado para que essa outra pessoa tenha crescido e se tornado ainda mais valiosa, o que é bem melhor do que você reencontrar uma pessoa que sabe que foi magoada por você.

A vida é um mistério, onde você nunca irá saber em qual parada irá descer, e muito menos os seus companheiros, e nem qual a próxima pessoa que estará sentada ao nosso lado. Então faça sua viagem de forma tranquila, procurando tratar bem e se relacionar bem com todos, de forma que, quando chegar o seu desembarque ou a parada do outro, ambos sintam saudades e tenham boas recordações ao prosseguirem a viagem da vida.

Fonte: Silvana Duboc