Tags

, , ,

A propaganda do Itaú nos passa uma mensagem sobre a sustentabilidade, sobre a economia de papel para a preservação do meio ambiente, incentivando os clientes a abrirem mão dos extratos em papel e a passarem a utilizar a versão digital para consulta, evitando assim o desperdício do recurso e é lógico para a economia do banco também.

Porém enxerguei nesta propaganda não só o intuito da empresa de querer tratar sobre o tema da sustentabilidade e a economia dos recursos naturais para não comprometer as gerações futuras, que é o caso do bebê lindo que é o foco da propaganda. Eu fui um pouco mais além.

Comecei a pensar no quanto uma criança precisa de pouco para sorrir, gargalhar e ser feliz, o quanto é valioso para um bebê, um tempo que tiramos para brincar com eles.

Pensei também no quanto uma criança pode nos fazer feliz, ás vezes estamos atolados de coisas para fazer do trabalho, da faculdade, negócios, queremos conversar com os amigos e não sobra tempo direito. Mas quando estamos assim cheios de coisas para pensar e para fazer é muito bom parar um pouco e brincar com uma criança, este momento é muito significante para elas e acaba nos contagiando também fazendo-nos ficar de bem com a vida.

Muitas vezes estamos agitados, sem tempo e nos deparamos com um bebê e ao brincarmos com ele, este momento nos transmite uma paz, sensação de alegria e uma satisfação enorme, parece que nos acalma e logo a agitação vai embora.

Na verdade há uma troca, nós fazemos as crianças felizes e elas também nos retribuem a alegria, e o melhor, elas precisam de muito pouco para se sentir felizes e depois nos retribuem muito mais em felicidade do que nós proporcionamos a elas. Vale a pena!

É por isso que afirmo que nós podemos encontrar a felicidade nas coisas simples da vida e podemos também fazer alguém feliz na simplicidade com apenas um rasgar de papel.

Contagie – se: